sábado, janeiro 09, 2010

O Director Geral de Saúde a avaliar pelas suas declarações publicadas na imprensa escrita não está satisfeito com os resultados da campanha que fez

Foi um dos que mais propaganda fez, chegando mesmo a lançar o pânico da pandemia da gripe A, facto que pelos vistos e ainda bem não assustou a população e não a levou cegamente à corrida aos Centros de Saúde para efectuar a vacinação. E o resultado está à vista para se gastarem o excesso de vacinas que contribuíram para enriquecer os cofres dos laboratórios que as produziram e a empobrecer o orçamento já de si muito pobre do SNS. E pasme-se a solução para o escoamento das vacinas vai acabar por ser obrigar todos aqueles que não estavam previstos nas prioridades a serem vacinados para dar vazão ao stock de vacinas existentes. E neste país como não se responsabilizam aqueles que contribuem para os excessos que comprometem o défice público, Francisco George vai continuar sempre que possível a tentar assustar-nos com outras falsas pandemias que por aí apareçam.

2 comentários:

Vieira Calado disse...

Grandes aldrabices!

Qualquer dia vem outra, como diz.

Bom Ano para si.

Um abraço

Å®t Øf £övë disse...

Raúl,
Uma das velhas estratégicas do marketing é mesmo essa... quando não há mercado suficiente para escoar o produto, há que arranjar forma de o fazer crescer.
Abraço.