segunda-feira, maio 25, 2009

Escolheram o Banco que bem entenderam e lhes serviu enquanto lhes pagou chorudos juros pelas suas aplicações

O Banco faliu e agora exigem que seja o Estado a assumir a responsabilidade pela restituição do seu dinheiro. Só mesmo neste País.

1 comentário:

Vieira Calado disse...

Não é só aí, amigo!

Aqui em Portugal, é a mesma trampa!

Um abraço