quinta-feira, julho 12, 2007

Mulher volta a ser fértil após implante de tecido do ovário de irmã gémea

da Efe, em Bruxelas

Uma mulher belga de 35 anos poderá engravidar graças a um implante de tecido do ovário de sua irmã gémea, fato que nunca tinha ocorrido antes na medicina. Ela ficou estéril após um tratamento contra o câncer com quimioterapia.

Em Fevereiro de 2006, o professor Jacques Donnez e sua equipe do hospital universitário Saint-Luc de Bruxelas implantaram no ovário atrofiado da paciente o tecido do ovário de sua irmã gémea, que não é geneticamente idêntica, informou a clínica em comunicado.

A mulher tinha entrado na menopausa em 1990, com apenas 20 anos.

Seis meses após o implante do tecido do ovário de sua irmã, o professor Donnez e sua equipe constataram que começou a haver novamente a liberação normal dos hormonios estrogéno e progesterona.

Ao tentar fazer uma fecundação in vitro, os médicos obtiveram dois embriões, mas não os desenvolveram. O fato demonstra que a fertilidade da mulher e suas possibilidades de engravidar naturalmente foram restabelecidas.

O professor Donnez conseguiu outro feito em 2004, quando uma mulher que teve câncer pôde conceber após receber um implante da parte saudável de seu próprio ovário, que foi extraída e congelada quando a doença foi detectada e antes que a paciente iniciasse o tratamento. A cirurgia foi realizada sete anos depois.

da Folha Online

Mais um avanço da medicina que abre novas perspectivas para todas as mulheres que forem afectadas por este mesmo problema, correndo o risco de infertilidade que poderá ser obviamente ultrapassada com este implante

2 comentários:

PintoRibeiro disse...

Cenários crescentemente preocupantes...
Abraço.

Me Hate disse...

E eu que queria tanto ter filhos...