quinta-feira, dezembro 06, 2007

A cimeira dos bacanos

José Sócrates organizou
a cimeira com os africanos
nem toda a Europa aceitou
participar com tais bacanos

Satisfizeram suas exigências
no sentido de se proteger
seus crimes são evidências
que ninguém pode esconder

Muitos dos líderes africanos
são responsáveis pela chacina
dos seus povos durante anos
passando uma esponja por cima

Têm culpas no cartório
por seu povo mal viver
nesta cimeira do folclórico
que nem inglês quis ver

Nada do que nele for decidido
será para levar muito a sério
eles cantam a canção do bandido
neste ou noutro hemisfério

Mas uma coisa é certa
perturbam o nosso sossego
e com eles ninguém se mete
porque acabará no degredo

Os líderes e comitivas
vivem todos muito bem
nas acções comparativas
com os líderes que a gente tem

3 comentários:

PintoRibeiro disse...

Bom fim de semana, abraço,

Quintanilha disse...

Dos bacanos, ou dos sacanas?

NSR disse...

Meu caro Raul,
Obrigada pela tua visita e pelo poeminha que lá me deixaste.

As saudades são muitas também cá deste lado.

A ausência, embora forçada, era necessária.

O silêncio imposto pelas contingências de decisões que tomei e que me obrigaram a tomar.

Libertei-me de amarras e cortei ramos secos da árvore da minha vida.

Ficou o tronco, é certo.
Mas a árvore morre de pé sempre e se não morrer renascerá mais forte e dará melhores frutos.

O que eu amo, deixo livre!
Se regressar a mim é porque me merece e eu mereço!

Beijos fraternos e um Feliz Natal

Noel