domingo, setembro 10, 2006

11 de Setembro a verdade ocultada

Os EUA preparam-se para amanhã invocar a passagem de mais 1 ano sobre o atentado ocorrido nas torres gémeas que vitimaram 3.000 pessoas de várias nacionalidades incluindo 6 portugueses. A administração Bush, porque insiste em continuar a ludibriar os povos do Mundo, vai mais uma vez assumir-se como o paladino do combate ao terrorismo internacional, que ela própria tem fomentado através da invasão de paises soberanos para segundo os mesmos exterminarem os agentes do mal que professam a religião islâmica e que imagine-se querem apoderar-se do Mundo. Entretanto os EUA e os parceiros que os apoiam, vão escoando o armamento que os seus paises produzem, tornando esta, uma das industrias mais lucrativas, as quais como é sabido têm apoiado as campanhas eleitorais destes políticos responsáveis pela instabilidade mundial e sobretudo pelo genocídio de populações. Tony Blair um dos apoiantes de Bush está prestes a ter de largar o lugar que ocupa como 1º. Ministro da Inglaterra porque a sua popularidade, caíu verticalmente terminando a sua carreira política transportando sob o seu consciente a morte e a destruição. O presidente dos EUA está também em queda acentuada de popularidade e não será o seu discurso amanhã na invocação do 11 de Setembro que fará esquecer aos americanos, sobretudo aos pais dos militares que regressaram do Iraque e continuam a voltar à sua terra natal em caixões para ali serem enterrados em consequência duma guerra que o seu próprio País fraudulentemente
impôs aos iraquianos. Uma vez verificada que seja a queda destes dois monstros políticos responsáveis pela instabilidade mundial, os povos vão ficar a saber verdadeiramente de quem foi a responsabilidade do ataque às torres gémeas, muito embora já existam muitas provas e tenham sido exibidas, desta verdade oculta.

2 comentários:

carteiro disse...

caro amigo, o que escreveste é uma das muitas verdades escondidas. É pena que tenham sido mortas milhares de pessoas desde os estados unidos até ao iraque.
Apesar que este pais tenha tido um regime de medo e de assassinatos sobreA EGE saddam, não éra com mentiras e á revelia das Nações unidas que se invadia um país e se mata a custa dessa "guerra contra o terrorismo".
Um abraço
paulo- 2rosas

Sofocleto disse...

Esta verdade está cada vez menos oculta. Todos os dias aumenta o número de pessoas que sabe o que de facto se passa. Como é que os criminosos vão tentar deter esta maré?