quarta-feira, outubro 25, 2006

Um anúncio destes só pode provocar hilariedade

Hoje quando vinha do trabalho para casa, de repente oiço um anúncio no qual alguém refere que o dono dum banco é uma pessoa honesta. Dei uma enorme gargalhada que motivou
um olhar do ocupante do automóvel parado na faixa da direita, o qual provávelmente deverá ter pensado, este tipo é doido, ri-se sózinho. Como se para além daqueles que são bafejados pela sorte no jogo, cujas extracções envolvem milhões de euros, alguém dos que enriquecem através dum negócio o conseguissem honestamente.

2 comentários:

Sofocleto disse...

Os donos dos bancos são efectivamente senhores de uma honestidade muito sólida. Tal aliás como os lucros que arrecadam.

Daqui uma enorme gargalhada também!

Anónimo disse...

Eles são honestos as suas instituições é que são más, maseles nad podem fazer, estão obrigados pela lei e tal, assim vão andando a chupar os nossos ossos.