segunda-feira, maio 14, 2007

Ainda o desaparecimento da criança inglesa da Praia da Luz no Algarve

Tenho acompanhado todos os dias a intervenção dum criminologista na RTP 1 e a sua opinião não se distancia nem um milímetro dos pontos de vista que sobre esta matéria abordei em post. Aliás torna-se cada vez mais consistente a ideia de que a acção possa ter sido realizada por um cidadão inglês. Eu muito sinceramente não desejaria que fosse esse o desfecho mas já alguns dias a esta parte que venho construindo a ideia de que a Madeleine neste momento já não existe, pela convicção do autor do seu rapto ter feito desaparecer o seu corpo julgando com isso poder evitar a sua incriminação.
Para terminar.
Achei muito curiosa a intervenção duma jornalista inglesa quando lhe foi perguntado por um dos nossos repórteres se eventualmente este acontecimento se registasse em Inglaterra, com uma criança portuguesa e a resposta foi exactamente aquela que eu próprio já havia escrito em post.
Os jornais ingleses nem sequer fariam disso qualquer referência, embora tivessem consciência que isso pudesse ser um motivo de preocupação e notícia da comunicação social portuguesa.

3 comentários:

PintoRibeiro disse...

Lapidar, lapidar,
Bom dia e um abraço,

Opintas/Bernardo Kolbl disse...

Já o disse o PR. Foste ao ponto.

Isabel Magalhães disse...

Caro Contradições;

Os meus receios pela criança são os mesmos que os seus mas queria tanto estar enganada...


saudações digitais.
I.