quinta-feira, junho 29, 2006





Fumaça de cigarro
pode matar fumadores
passivos, diz estudo




da France Presse, em Washington

A fumaça do cigarro representa um sério risco para a saúde
e pode matar fumadores passivos --tanto crianças como
adultos--, alerta um estudo da Direção de Saúde Pública
dos Estados Unidos divulgado nesta terça-feira.

"Os efeitos na saúde para os fumantes passivos são mais
profundos do que tínhamos pensado", afirmou em um
comunicado o diretor de Saúde Pública dos EUA, Richard
Carmona.

"A evidência científica é agora irrefutável: a fumaça para
os fumadores passivos não é apenas um incômodo, é um
sério perigo para a saúde, que pode levar a doenças e à
morte prematura de crianças e adultos", afirmou
Carmona.

O estudo mostra que os mais vulneráveis são as crianças
ainda em fase de desenvolvimento, já que "até uma
breve exposição à fumaça tem efeitos colaterais
imediatos no sistema cardiovascular e aumenta o risco
de doenças do coração e câncer de pulmão".

Ainda de acordo com a pesquisa, os fumadores passivos
têm de 25% a 30% mais chances de desenvolver
enfermidades cardiovasculares e de 20% a 30% de sofrer
câncer de pulmão.

Cerca de 126 milhões de americanos estão regularmente
expostos à fumaça de cigarro.

"A boa notícia é que, ao contrário de outras ameaças para
a saúde pública, a exposição à fumaça do cigarro é fácil de
prevenir com leis que criam mais espaços onde não se
pode fumar", disse Carmona.

da Folha Online

Escolhi reproduzir esta notícia para alguns amigos da
blogosfera que são fumadores activos e não se cansam
de
manifestar a sua indignação pelo facto de estarem a
ser
cada vez mais perseguidos no sentido da sua não
permissão de fumar em vários locais públicos. Afinal
tudo
isto visa conseguir que deixem esse vício que
poderá ou
não contribuir para a sua morte e afectar
também a
saúde dos não fumadores.

3 comentários:

Tons Pastel disse...

não sou fumadora mas não costumo hostilizar quem o faz.contudo, nunca deixo de fazer uma advertência em relação aos mais novos quer como fumadores passivos e o respeito quelhes devemos quer pelo exemplo que lhes é dado. filho de fumador é difícil que não o venha a ser.
um beijo

Sofocleto disse...

Vale a pena ver este pequeno clip de vídeo dos Flinstones dirigido a crianças, nos anos sessenta, a fazer propaganda ao tabaco.

AQUI

contradicoes disse...

Obrigado amigo pela achega. Mas o que se pode esperar dum país que prima pelos piores exemplos. Desde o fast-food, passando por este incentivo ao consumo do tabaco, ao do alcool e de tudo quanto mais negativo uma sociedade possa adoptar. Isto convém ressalvar sem qualquer sentimento anti-americano.