sexta-feira, dezembro 01, 2006

O sigilo profissional também serve para ocultar um crime de contaminação de saúde pública

Acabei de assistir a uma reportagem televisiva que me deixou indignado. E mais indignado fico por saber que são alguns destes médicos que ocultam na base do sigilo profissional revelar a um dos parceiros do casal que o outro está infectado com o vírus
HIV e por conseguinte deve fazer análises de molde a verificar se também está infectado
se apresentam como defensores da vida e se opõem à liberalização de interrupção voluntária da gravidez. Que pensar desta gente?
Tenho a certeza que muito mal.

1 comentário:

SaltaPocinhas disse...

o sigilo médico não devia existir em relação a um casal, sobretudo quando está em causa a vida do outro...
Do lado dos "defensores da vida" também irão estar muitas "parteiras" com medo de perder o seu ganha-pão!