sexta-feira, junho 01, 2007

Finalmente fez-se justiça em Portugal

Um tribunal do Porto absolveu, segundo acabou de ser noticiado no telejornal, uma mulher acusada de matar o seu marido com um machado. Isto porque, face às testemunhas do processo, a acusada foi uma, entre muitas outras, vítima de contínuos maus tratos do seu marido e se não fosse ela a matá-lo talvez tivesse sido ela a vítima. Do meu ponto de vista fez-se desta vez justiça em Portugal, pois já é hora de se acabar duma vez por todas com esta nódoa, de todos os anos um número expressivo de mulheres morrerem vitimas de violência doméstica, ou seja eliminadas pelos seus maridos ou companheiros.

3 comentários:

Ninas disse...

A sorte é o processo não chegar ao STJ. Corria o risco de uma condenação.

rui disse...

se mais fdps desse género acabassem com a respectiva facada no bucho reduzia-se drasticamente a violência doméstica em portugal

Menina_marota disse...

A Justiça tarda, mas ao menos foi feita... desta vez!
Bj ;)