segunda-feira, fevereiro 20, 2006





Um total de 72 mil biscoitos
e doces estão sendo usados
para construir cidades em
uma loja de departamento
de Londres.









A instalação, do artista chinês Song Dong, de 40 anos,
representa uma tradicional cidade asiática ao lado de uma
cidade moderna com estádio e igreja.

Assim que ficar pronta, na quarta-feira, os clientes da loja
Selfridges poderão comer os biscoitos que compõem os prédios
e estabelecimentos da instalação.

A obra Eating the City (comendo a cidade) foi feita para
ilustrar a preocupação de Dong com o desenvolvimento das
cidades asiáticas, que, segundo ele, parecem ter sempre a
mesma aparência.

O artista se diz "ansioso e preocupado" com o desenvolvimento
das cidades asiáticas por elas copiarem idéias de outras regiões
em vez de criar suas próprias construções.

As cidades de biscoitos terão cerca de 12 metros quando
finalizadas.

Dong afirma que escolheu biscoitos como material de trabalho
porque eles parecem blocos de concreto e "são muito doces,
então não se pode comer muitos sem se sentir enjoado".

Segundo ele, o mesmo sentimento que sente ao visitar
diversas cidades no mundo.

Usando desenhos feitos por Dong, o artista Kieron Stone,
de 25 anos, ajudou a construir uma réplica do Parlamento
chinês e uma igreja.

Stone, assistente de Dong, disse que está louco para comer
os biscoitos, depois que a instalação ficar pronta.

"Eu sugiro que as pessoas comecem a comer pelos que
estão na base dos edifícios. Será mais divertido", diz ele.

Song Dong já fez esse projeto em cidades como Pequim,
Chongqing, Xangai e Paris.

As cidades levarão uma semana para ficarem prontas.

da BBC Brasil

Cada doido com a sua mania

1 comentário:

Rui disse...

Concerteza que existem milhões de crianças capazes de dar uma melhor utilidade às bolachas, especialmente em alguns países menos desenvolvidos.
Será que terão tido a distinta lata ( que não de bolachas), de chamar a isto arte ?