segunda-feira, novembro 06, 2006

Um atentado à pobreza que em breve veremos a circular no nosso País




Carsale - A Maybach, marca controlada pelo grupo Mercedes-Benz, vai mostrar neste mês o 62S, que passa a ser seu modelo topo de linha. A estreia mundial do carro acontecerá durante o Auto China, o salão do automóvel do país asiático, em Pequim. O sedã é equipado com motor V12, desenvolvido pela AMG (divisão esportiva da Mercedes-Benz). Com 612 cavalos e 100,2 kgfm entre 2.000 e 4.000 rpm, o propulsor leva o 62S de 0 a 100 km/h em 5,2 segundos.

A velocidade máxima é limitada electronicamente a 250 km/h. Segundo a Maybach, o 62S é o sedã mais potente produzido em série. O estilo do carro traz detalhes que o diferenciam do restante da linha 62. Um dos destaques fica por conta da grade do radiador exclusiva. Na traseira, há saídas de escape duplas, em formato de trapézio. O interior conta com acabamento com insertos de madeira laqueada e fibra de carbono.

2 comentários:

Anónimo disse...

Paar cá devem vir uns 24, pois como à dúzia é mais barto eles vão pedir 2 dúzias, pagamos nós claro, boa semana.

Sofocleto disse...

É o automóvel que Sócrates quer oferecer a todos os portugueses. Depois de vencida a batalha da competitividade e do equilíbrio orçamental, evidentemente!