sexta-feira, agosto 24, 2007

Antiácidos aceleram degeneração do cérebro, diz estudo

da Ansa, em Nova York

Alguns antiácidos e remédios contra gastrite podem acelerar a degeneração da actividade cerebral nos idosos, afirma uma pesquisa publicada pela revista da Sociedade Americana de Geriatria.

O levantamento analisou cerca de 1.500 afro-americanos com mais de 65 anos de idade e colocou sob suspeita alguns dos remédios contra gastrite e úlcera mais populares do mundo.

Segundo os pesquisadores, os idosos que usavam os medicamentos com frequência eram 2,5 vezes mais propensos a apresentar diminuição na capacidade de adquirir conhecimentos.

Entre os participantes do estudo, 275 pessoas --todas consumidoras regulares de antiácidos-- apresentaram problemas cerebrais em níveis patológicos.

da Folha Online

Cada vez me capacito mais dos malefícios dos medicamentos. Será que a doença de Alzheimer, cuja origem a comunidade científica desconhece não estará por acaso relacionada com o uso excessivo de antiácidos. Sim porque conheço muita gente de meia idade que os usa regularmente.

4 comentários:

Me Hate disse...

Eu sei que possivelmente me levar�s a mal... mas um �cido �s vezes paraa dor de alma quesentimos era t�o bom...

PintoRibeiro disse...

Bfdemana, abraço.

Å®t Øf £övë disse...

Raul,
A verdade é que a ciência à medida que vai avançando, também vai cada vez mais encontrando contra-indicações para os medicamentos.
Abraço.

CHEVALIER DE PAS disse...

Os nossos políticos devem tomar isso de pequeninos... deve ser isso, nunca ninguém tinha chegado a essa conclusão, fora com os anti-ácidos!

cumps