terça-feira, agosto 07, 2007

Floresta de 8 milhões de anos é encontrada na Hungria

da France Presse, em Bukkabrany

Arqueólogos encontraram uma floresta de ciprestes de 8 milhões de anos em Bukkabrany, nordeste da Hungria. A floresta encontra-se bem preservada e não está fossilizada.

"A descoberta é excepcional à medida que as árvores conservaram sua estrutura. Elas não se transformaram em carvão nem petrificaram", disse Tamas Pusztai, coordenador do departamento arqueológico local do museu Otto Herman, que comandou a escavação.

Os arqueólogos anunciaram a descoberta na última semana depois de encontrar a misteriosa floresta de um tipo de cipreste, depois de dias de escavação.

Mineradores que trabalhavam em uma mina de carvão descobriram vários troncos que se transformaram em carvão, um fato comum nesse tipo de ambiente.

"Mais adiante, encontramos 16 árvores que permaneceram onde haviam crescido há cerca de oito milhões de anos e que estavam bem preservadas", disse Pusztai.

Tempestade de areia

Tudo o que restou das árvores foram os troncos, que possuem de dois a três metros de diâmetros e cerca de seis metros de altura, embora as árvores originais tenham provavelmente medido até 40 metros de altura.

Segundo Miklos Kazmer, diretor do departamento de paleontologia da universidade de Ciências Naturais Loran Eotvos, em Budapeste, o estado excepcional de preservação das árvores é devido a uma tempestade de areia que cobriu a floresta a uma altura de seis metros.

da Folha Online

1 comentário:

Me Hate disse...

Nem em 8 milhões de anos teriamos a inteligência de uma árvore ou a sua sabedoria...