sexta-feira, julho 21, 2006


Dividir a cama com uma
outra pessoa pode,
temporariamente, reduzir
o poder mental dos
homens.



A conclusão foi sugerida por cientistas austríacos na revista
New Scientist.

Independentemente de terem ou não consumado relações
sexuais, os homens que passam a noite com alguém têm
seu sono perturbado, diz o estudo, e isto prejudica sua
habilidade mental no dia seguinte.

A falta de sono também eleva os níveis de hormônios de
stress de um homem.

Segundo a pesquisa, as mulheres não são afectadas por
compartilhar a cama, porque dormem mais
profundamente.

Estudo

O professor Gerhard Kloesch e seus colegas da
Universidade de Viena estudaram oito casais não-casados
e sem filhos na faixa dos 20 anos de idade.

Cada casal passou dez noites dormindo na mesma cama, e
dez outras separadamente. Através de questionários e
monitores de actividade, os cientistas registraram os
padrões de descanso de homens e mulheres.

No dia seguinte, os casais tiveram que se submeter a
medições de hormônios e a testes simples.

Tanto homens quanto mulheres tiveram o sono perturbado
quando compartilharam a sua cama, disse Kloesch.

Mesmo afirmando que dormiram melhor com a presença
da parceira, os homens tiveram um desempenho pior nos
testes, sugerindo que eles tiveram, na verdade, um sono
menos tranqüilo.

Já as mulheres, que declararam ter dormido melhor quando
sozinhas, conseguiram dormir mais profundamente.

Seu nível de hormônios e avaliação de atividade mental não
sofreram tanto quanto o verificado em relação aos homens.

Sem surpresas

O especialistas em sono da Universidade de Surrey Neil
Stanley, disse que "não é surpreendente" que o acto de
dormir junto afecte as pessoas.

"Historicametne, nunca estivemos destinados a dormir na
mesma cama com outros. É uma conduta estranha", ele
afirmou.

Mas o professor acrescentou que muitas pessoas se
acostumam a dormir em casal, e passar a dormir só
poderia ser prejudicial nesses casos.

"Se [um homem e uma mulher] passaram um longo tempo
dividindo a cama, sentem falta um do outro."

Sonho

Compartilhar a cama também afeta a memória do sonho.

As mulheres se lembraram mais do que haviam sonhado
depois de dormir sozinhas.

Já a memória dos homens foi melhorada depois de uma
noite de sexo.

BBC Brasil

Face a esta conclusão teremos de repensar se
deveremos continuar a dormir com as nossas
mulheres

3 comentários:

Frioleiras disse...

Sabias que "compartilhar" a cama foi uma coisa do sec 19?
Sabias que "compartilhar a cama" (e a escova de dentes...) é inversamente proporcional a "compartilhar sexo" ... uma vez por outra é lindo... sempre "dessacraliza" o sexo ...
Estou a brincar/exagerar... gostei do teu "post"

Sofocleto disse...

A minha já vai corrida esta noite! A habilidade mental também se ressente se for outra que não a legítima?

Marlene Maravilha disse...

Ah os homens!!
Não sabem mais o que inventar...
Bem, eu também não gosto de dividir o meu espaço dormindo!
De toda maneira serviu para minha cultura.
abraços