quinta-feira, agosto 24, 2006

Fêmeas de canguru vão receber pílula anticoncepcional na Austrália












As fêmeas de canguru que vivem nas proximidades da capital australiana, Canberra, vão receber pílula anticoncepcional. As autoridades do país querem fazer um controle da população do animal, que vêm crescendo muito. A medida agradou os defensores dos direitos dos animais. Eles acreditam que dar contraceptivos é melhor do que matar os espécimes.

"Não é apropriado matar o símbolo nacional na nossa capital", diz a porta-voz da organização Liberação Animal Simone Gray.

Uma decisão de matar 800 cangurus que viviam perto de Canberra, há dois anos, gerou protestos dos grupos de direitos dos animais, fazendo com que o governo local tentasse buscar alternativas.

A Austrália tem cerca de 57 milhões de cangurus, o que corresponde a três vezes a população humana do país. Os animais destroem plantações e propriedades. O problema é mais grave em Canberra onde cinco anos de seca fizeram com que os cangurus migrassem para perto dos centros em busca de alimento.

Os cangurus representam um risco para os motoristas australianos, tendo sido responsáveis por 70% dos acidentes de carro relacionados a animais em 2004.

As savanas e florestas nativas nos arredores de Canberra têm a maior densidade de cangurus no país, com cerca de 500 animais por quilômetro quadrado

da Folha Online

Também me parece uma medida mais inteligente do que deixar nascer e depois abatê-los

1 comentário:

JPT disse...

e a carne, não se come?