quarta-feira, janeiro 03, 2007

Toyota cria carro que impede motorista de dirigir bêbado

A fabricante japonesa de automóveis Toyota vai desenvolver um novo sistema para veículos que impedirá o motorista de dirigir caso esteja embriagado.

Segundo o jornal japonês "Asahi Shimbun", os novos veículos, que devem começar a ser vendidos em 2009, serão equipados com um sensor no volante que será capaz de determinar o nível de álcool no sangue do motorista a partir do suor de suas mãos.

Se o nível de álcool for superior ao permitido pela legislação local, o veículo simplesmente não dará a partida.

As montadoras européias já desenvolveram automóveis que obrigam o motorista a soprar em um tubo instalado no veículo antes de ligá-lo.

A Toyota, entretanto, planeja desenvolver um sistema mais confiável que o europeu porque acredita que o motorista pode colocar qualquer outra pessoa sóbria para soprar no tubo e depois conduzir o veículo embriagado.

No Japão, a Agência de Polícia Nacional afirma que em 2005 houve 14 mil acidentes de trânsito vinculados de alguma maneira ao consumo de álcool. Esses acidentes causaram a morte de 707 pessoas.

da Folha Online

Está-se mesmo a ver o que vai acontecer por cá. O pessoal que gosta de conduzir bebendo, não opta por adquirir automóveis desta marca por assim serem impedidos de o fazer.

2 comentários:

Emiéle disse...

Não quero ser pessimista ou complicada, mas se o sistema é esse bastará o motorista
calçar umas luvas, não é?..
Contudo acredito que se invente depressa uma maneira de controlar esse flagelo. Quanto a comprar-se carros desse modelo, por um lado também penso que os «bebedores habituais» se devem afastar desses stands como o diabo da cruz, mas por exemplo as empresas podem comprá-los para os seus funcionários… E há muita gente que quando está sóbria é sensata, bastava que a compra se fizesse em momento de sobriedade e bom senso!

Carlos a.a. disse...

Ora, dá-me ideia de que não ter graça nenhuma! Um gajo com um copito tem outro prazer a conduzir...
Abraço