segunda-feira, novembro 26, 2007

De vez enquanto o poder político lembra-se de que a nossa população está a decrescer, mas eles sabem a razão

Só que não têm nunca tiveram nem terão soluções para evitar o decréscimo significativo da taxa de natalidade e tão pouco serão os imigrantes legais ou ilegais que por aqui se vão fixando conseguem colmatar isso. Claro está que o Presidente da República, o actual governo e os anteriores sabem muito bem quais são os motivos do baixa taxa de natalidade que se regista no País, pois têm sido os principais responsáveis pela mesma, pois nunca criaram condições parta evitar o êxodo das zonas rurais e quase abandono puro e simples da agricultura e como todos sabemos eram nestas zonas onde se registavam elevadas taxas de natalidade, mas como não estavam garantidos os meios de subsistência às novas gerações, estas não tiveram outra alternativa que não fosse a de emigrarem para França, talvez aqui a maior comunidade de portugueses existente na Europa e para outros países.
Ali se radicaram muitos dos quais tiveram e continuam a ter os seus filhos e a maioria deles afasta totalmente a possibilidade de regressarem à sua terra natal e aqueles que voltam numa percentagem muita reduzida já nem sequer estão em condições de procriação. Por isso me parecer extemporânea a preocupação do actual Presidente ou de qualquer outro governante porquanto a responsabilidade deste registo, o decréscimo da nossa população e a diminuição drástica da natalidade é exclusivamente sua e de outros anteriores governantes que nunca souberam imprimir as políticas necessárias para incentivar o aumento da população.

3 comentários:

r disse...

E eu que pensava que tinha a ver com sexo.

Bernardo Kolbl disse...

Pois sabem...infelizmente.
Um abraço.

Carmem L Vilanova disse...

Caríssimo amigo...
Cá estou de volta depois de quase um mes de ausencia da blogosfera...
Voltei para ficar e espero poder ver-te sempre que possível...
Beijos, flores e meus eternos sorrisos... :o)