domingo, abril 23, 2006

Pelos vistos os autores de crimes de colarinho
branco vão continuar a ficar impunes


Tudo indica segundo os jornais que o crime de fuga de
capitais que ronda um milhão de euros em que foram
constituídos arguidos 6 advogados, deverá ser arquivado
uma vez que os seus autores se mostram dispostos a pagar
o respectivo imposto devido pela sua pratica. Não admira
que amanhã alguém endinheirado num acesso de fúria
resolva tirar a vida a outrem e num gesto de
arrependimento procura os respectivos familiares,
pergunta-lhes quanto vale a vida do ente querido
assassinado e uma vez avaliada, ele resolva pagar a
indemnização aos familiares, ficando assim ilibado de ser
condenado porque embora tenha cometido o crime pagou o
correspondente preço. Isto é anedótico, mas é o País que
temos.

1 comentário:

RPM disse...

Duas notas:

1) Ainda dizem que o Pacheco não manda na blogosfera... com esta paralisia

2) essa malta devem ser os deputados com as mulheres, amantes e pegas que apanharam de caminho para o Algarve antes na Páscoa. Ou estarei enganado...

Abraço
bons posts
rpm