quarta-feira, janeiro 11, 2006

Ilusão? Talvez

Eu pretendo ficar Alegre
Com a derrota de Cavaco
E isso ninguém me impede
Pois não voto nesse candidato

Parecerá uma utopia
Quiçá, uma ilusão
Mas não haverá um dia
Arrependimento na votação

Neste caso não estarão muitos
Dos que nele irão votar
Vão ficar desiludidos
Com o barrete a enfiar

Não será esta a primeira
Doutras que foram enganados
Da mesma forma grosseira
Por políticos mal formados

É com falsas promessas
Que enganam o eleitorado
Ninguém lhes pede meças
Por ter sido embarretado

3 comentários:

Zecatelhado disse...

Não só não lhe pedem meças como voltam a fazê-lo.

Um @bração do
Zecatelhado

Pedro disse...

Essa de ficar contente com a derrota de um candidato é o mesmo que agir pela negativa. Ora, isso não é bonito, nem tão pouco educativo para uma juventude que necessita de se agarrar a valores mais sérios...

ivan (aka bandinho) disse...

ah poeta!