segunda-feira, janeiro 30, 2006

O patrão da Microsoft, Bill Gates, vai dar amanhã,
em Lisboa, uma «aula» a ministros, autarcas e
dirigentes da administração pública sobre novas
tecnologias e a modernização administrativa

Tanto quanto se sabe não vai responder a perguntas e a
sua permanência no fórum vai ser relativamente curta.
A conferência, organizada pelo ministro de Estado e da
Administração Interna, António Costa.

Este é um fórum de discussão alargado a governantes de
diferentes países europeus para discutir práticas de
governação e os contributos que as novas tecnologias
podem dar nesse domínio.

Como não podia deixar de ser no plano de segurança
verifica-se um enorme exagero na medida em que estão
mobilizados efectivos policiais, como se o Bill que até
tem sido uma alma caridosa no combate às epidemias que
flagelam os africanos e asiáticos, por isso ser impossível
existir alguém que lhe queira fazer mal a não ser um
fabricante de sistemas operativos, seu concorrente.

3 comentários:

martelo disse...

Admiro Bill Gates, independentemente de qualquer outra razão... pela inteligência.

Armando S. Sousa disse...

Como já escrevi, se há indivíduo que eu admiro no mundo é este senhor, não pelo seu dinheiro mas pela sua filantropia.
Welcome mr. Gates!
Um abraço do Armando para o Raul.

Marco disse...

Com o ódio aos EUA que anda por aí Gates corre o risco de sofrer um atentado, ou não é a Microsoft um símbolo do poder americano?